Reads

Pomada balanitis

Pomada balanitis

http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962011000700008

Balanite plasmocitáRia de Zoon: relato de dois Casos tratados com pimecrolimo *

Livia Delgado I; Hebert Roberto Clivati ​​Brandt I; Damaris G. Ortolan I; Régia Celli Ribeiro Patriota II; Paulo Ricardo Criado III; Walter Belda Junior IV

I Médico dermatologista. Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de SãSao Paulo (FMUSP) – SãSao Paulo (SP), Brazylia
II Mestre em dermatologia pelo Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de SãSao Paulo (FMUSP); médica da Divisão de Clínica DermatolóGica do Hospital das ClíNicas da Faculdade de Medicina da Universidade de SãSao Paulo (HC-FMUSP) – SãSao Paulo (SP), Brazylia
III Médico dermatologista, Doutor em C-ências, área de ConcentraçãO dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de SãSao Paulo (FMUSP) – Assistente da Divisão de Clínica DermatolóGica e pesquisador zrobić laboratoóRio de Investigação Médica, LIM 53, do Hospital das ClíNicas da Faculdade de Medicina da Universidade de SãSao Paulo (HC-FMUSP), responsável pelo AmbulatóRio de Vasculites do Hospital das ClíNicas da Faculdade de Medicina da Universidade de SãSao Paulo (HC-FMUSP) – SãSao Paulo (SP), Brazylia
IV Doutor em dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de SãSao Paulo (FMUSP); livre docente pela Divisão de Dermatologia da Universidade de Campinas Estadual (Unicamp) – responsável pelo Departamento de DOENçjak Sexualmente Transmissíveis / AIDS da Sociedade Brasileira de Dermatologia; Profesor Doutor zrobić Departamento de dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de S.ãSao Paulo (FMUSP) – SãSao Paulo (SP), Brazylia

Inicialmente, denominada "Balanoposthite chronique circonscrite benigne plazmocytów", A Balanite plasmocitáRia de Zoon é uma dermatose inflamatória crônica da glande e prepúCIO afetando homens nãO circuncisados. Jak diferentes opções de tratamento para esta afecçãO apresentam frequentemente Resultados parciais. Relatos têm demonstrado Sucesso terapêutico, com o uso de tacrolimo tópico. Relatamos o uso de pimekrolimus, um homóLogo de tacrolimo, com boa resposta. doentes DOIS zrobić Sexo masculino, com Diagnóstico de Balanite de Zoon confirmado através de biópsia, foram submetidos um tratamento diário com pimekrolimus tópico 1%, com Ważne melhora da doençpunkt dostępowyóS 6 semanas Para O paciente, 1 e 8 semanas para o 2. ConclusãO: O pimekrolimus em creme pode ser uma opçãO para o tratamento da doençza.

Palavras-chave: balanites; kalcyneuryna; doençjak urogenitais masculinas; Resultado de tratamento

Balanite plasmocitáRia de Zoon é uma dermatose narządów inflamatóRia de homens idosos nãO circuncidados. 1,2 Clinicamente, esta afecçãO é caracterizada pela PresençPlaca de uma única, bem delimitada, brilhante, avermelhada ou castanho avermelhada-afetando prep glande e twarz interna zrobićúCIO. 3,4

É uma condição Benigna, de etiologia desconhecida e que tende ser assintomáTica. 1,2,3 circuncis AãO é considerada como o tratamento com melhores Resultados, Sendo rejeitada pela maioria dos pacientes jak outras modalidades de tratamento existentes, apresentam, frequentemente Resultados parciais. 5

Relatos recentes mostraram uma resposta przysługaável em pacientes tratados com tacrolimo tópico 0,03%. 1,2,3,6

Nós relatamos o uso de pimecrolimo 1%, um homóLogo de tacrolimo, em dois pacientes com boa resposta ao tratamento.

Relato DOS Casos

Caso 1: Homem, 37 Anos, nãO circuncidado, foi encaminhado ao AmbulatóRio de DOENçjak Sexualmente Transmissíveis, com história de lesões genitais há 1 ano sem tratamento préVio. Ao Exame Dermatológico, observamos się Presençde três placas brilhantes Bem delimitadas, avermelhadas, NA prep glande eúCIO (Figura 1).

O estudo histopatológico, com biópsia por dziurkowania de uma lesãO da glande, mostrou um infiltrado em faixa na derme papilar Rico em plazmaóokolicznych, confirmando o Diagnóstico de Balanite PlasmocitáRia de Zoon (Figura 2).

O paciente foi tratado com pimecrolimo em creme 1%, com melhora Ważne após 6 semanas de tratamento, mantida nos três meses de acompanhamento (Figura 3).

Caso 2: Homem, 62 Anos, nãO circuncidado, foi encaminhado ao AmbulatóRio de DOENçjak Sexualmente Transmissíveis por história de lesões genitais há 3 Anos, SEM tratamentos préVIOS. Ao Exame Dermatológico, observou-se uma placa avermelhada, bem delimitada na glande (Figura 4). O estudo histopatológico de biópsia de uma lesãO da glande, confirmou o Diagnóstico de Balanite PlasmocitáRia de Zoon.

O paciente foi tratado com creme de pimecrolimo 1% apresentando melhora Ważne após 8 semanas de tratamento, mantida nos três meses de acompanhamento (Figura 5).

Balanite plasmocitáRia de Zoon é uma doençinflamatória crônica zrobić aparelho płciowych, de etiologia desconhecida, embora, váRios fatores predisponentes nãO comprovados tenham sido propostos: FricçãO, traumatismos, calor, falta de higiene, infecçãO krônica por Mycobacterium smegmatis. reaçãOa Fator um infeccioso exóGeno desconhecido, hipospádia e uma resposta imunitária mediada por IgE. 1,2

Esta afecçãO é, Relativamente, comum em homens idosos e, clinicamente, apresenta-se como placas Bem delimitadas, eritematosas, brilhantes, na glande, sulco koronowej ou superfíCIE interna zrobić prepúCIO. 4

Histologicamente HáNie wíCIO zrobić processo, um ligeiro espessamento da epiderme, com paraqueratose e um infiltrado de linfóokolicznych em faixa, com raros plazmaóokolicznych na derme przełożonego. 3,4 Com postępãO da doença, uma atrofia da epiderme Erosões superficiais e um infiltrado plasmocitário mais Denso aparecem. 4

O główną Diagnóstico diferencial deve ser realizado com eritroplasia de Queyrat, uma condiçãO pré-maligna com anahiísticas clíNicas similares, mas histologia diferente. 7

Com relaçãO à terapêUtica, A circuncisãO é um tratamento de alta EFICáCIA, mas é rejeitada pela maioria dos pacientes, entre os tratamentos tóPicos OBTêm-se Resultados parciais com o uso de kremy de corticoides. 1,3, 5,8

Recentemente, têm-se relatos zrobić uso de pomada de tacrolimo, com boa resposta e remissão sumie em alguns Casos. 1,2,3,6 Esta droga é um Potente agente anty-inflamatório, que atua através da inibiçãO da kalcyneuryna fosfatase, impedindo transcrição de numerosas citocinas. 2

O pimecrolimo, um inibidor da kalcyneuryna, Homólogo ao tacrolimo, já foi utilizado como uma opçãO para o tratamento da Balanite plasmocitáRia de Zoon por Bardazzi wsp 9, em dois pacientes, com boa resposta, e por Stinco i wsp 10, em três Casos, com Resultados diferentes: um paciente apresentou remissão sumie um remissãO parcial e outro teve que interromper o tratamento por conta de uma suposta infecçãO herpéTica recorrente.

Nossos Resultados ajudam confirmar que o creme de pimecrolimo é uma boa opçãO para o tratamento da Balanite plasmocitáRia de Zoon.

2. Moreno-Arias GA, Camps-Fresneda A Llaberia C Palou-ALMERICH J. plazma komórkowa balanitis leczonych takrolimusem 0,1%. Brit J Dermatol. 2005.153: 1204-6. [Linki]

3. Hernandez-Machin B, Hernando LB, Marrero OB, Hernandez B. plazmowy Balani komórek TIS z Zoon skutecznie leczone z miejscowego takrolimusu. Clin Exp Dermatol. 2005; 30: 588-9. [Linki]

4. Weyers W, Y Ende, Schalla W, Diaz-Cascajo C. balanitis z Zoon: a kliniczno Studium 45 przypadków. Am J Dermatopathol. 2002; 24: 459-67. [Linki]

5. Kumar B, Sharma R, Rajagopalan M, Radotra BD. Plazma komórka balanitis: kliniczne i histopatologiczne cechy-reakcja na obrzezanie. Genitourin Med. 1995; 71: 32-4. [Linki]

6. J. Santos Juanes-Sánchez del RíO J. Galache C Soto J. miejscowe Takrolimus skuteczną terapię zoon balanitis. Arch Dermatol. 2004.140: 1538-9. [Linki]

7. Reis VMS Moraes Junior O Almeida FA. Balanite plasmocelular de Zoon. Biustonosze Dermatol. 1983; 58: 173-4. [Linki]

8. Tang A. David N. Horton LWL. Plazma komórka balanitis z Zoon: odpowiedź na Trimovate śmietaną. Int J STD & AIDS. 2001; 12: 75-8. [Linki]

EndereçO para odpowiadająência:
Livia Delgado
Av. dr Enéjak Carvalho de Aguiar, 255 – 3º andar
SãSao Paulo – CEP SP: 05403 000
E-mail: paralivi@hotmail.com

* Trabalho realizado no: AmbulatóRio de DOENçjak Sexualmente Transmissíveis zrobić Departamento de dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de S.ãSao Paulo (FMUSP) – SãSao Paulo (SP), Brasil.

RELATED POSTS

  • Remedios balanitis

    Aquejado de una hinchazón en el pene? Usted puede tener balanitis, que es una enfermedad comun en los Hombres. Sigue leyendo para szabli Todo sobre balanitis definicja SUS causas, síntomas,…

  • REMEDIOS para la PARALISIS twarzy, REMEDIOS para balanitis.

    Remedio PARA curar LA PARALISIS TWARZY Los Remedios m s utilizados para Wydajność curar O aliviar parcialmente las molestias y la par lisis twarzy en si syna: – Realizar fisioterapia, masajes…

  • Nie STD, balanitis cura.

    Kiedy ten grzyb rozprzestrzenia się na swojej wewnętrznej napletka, balanitis rozwija. Twój napletek jest błona śluzowa, co oznacza bardzo cienki, co z kolei sprawia, że ​​bardzo łatwo go…

  • ovarios Presion

    Maca ( Lepidium meyenii Walp), una rewizji sobre sus Propiedades biológicas Maca ( Lepidium meyenii Walp ), Przegląd jego właściwości biologicznych Gustavo F. Gonzalez 1,2, a. Leonidas…

  • Plantas Nativas del Peru, Planta gloxinia.

    Quinua (Chenopodium Quinoa) Se le encuentra entre los 2800 3800 MSNM temperaturas de 13 a 20 C. Los CULTIVOS pl secano syn pl podstawy agua de lluvia. protenas, Fuente de aminocidos esenciales,…

  • Para que sirve la melatonina …

    Hace 5 días que empecé Tomar melatonina para regularne El Sueno y desde entonces no puedo dormir! Anteriormente tomaba pastillas para dormir pero me recomendaron nie tomarlas mientras tomaba…

Comments are closed.